• Maly Motta

COMO LIDAR COM PESSOAS NEGATIVAS

Atualizado: Ago 13


A vida é uma escola porque nela não sabemos quem serão nossos colegas de classe.


Ou seja: na vida iremos conviver com pessoas na nossa família e nas searas social e profissional e não saberemos o quão agradável ou desagradável será essa convivência. Cada pessoa chegará com os seus paradigmas, sentimentos e atitudes que acabarão por repercutir também na nossa vida se nos deixarmos levar pelas escolhas delas.


É bem verdade que atraimos essas pessoas que estão ao nosso redor. Podemos até dizer que não, mas através do nosso subconsciente nos ligamos à vibração energética delas e assim vamos nos envolvendo.


Quando notamos que uma pessoa reclama demais da vida, dos outros, do governo, da crise, do clima etc, temos 2 opções:


Ou nos afinamos a essa prática e vamos com ela reclamando igual;

Ou evitamos julgar essa atitude dela e deixamos ela com a escolha de reclamar sem fazermos o mesmo.


A opção 1 demonstra que estamos vibrando na mesma sintonia dela. Ou seja: estamos nos fazendo de vítimas, estamos deslocando a nossa responsabilidade de buscar novas alternativas para estancar o nosso sofrimento para o outro. Estamos afirmando que só estamos assim porque alguém fez algo. Essa atitude destrói o nosso poder de autotransformação. Esse mal-estar que sentiremos após nos juntarmos a essa pessoa não será responsabilidade dela, mas nossa porque nos deixamos vibrar igual. E ao invés de acreditarmos que ela deixou o negativismo dela em nós, o mais certo é acreditarmos que nos permitimos vibrar nessa mesma sintonia porque não quisemos fazer diferente e caminhar numa estrada nova e mais leve.


A opção 2 demonstra que estamos desenvolvendo maturidade para entendermos que somos livres para sermos diferentes. Ou seja: o outro não precisa ser igual a mim. Ele pode seguir com os queixumes e pessimismos dele e eu não. E se eu escolho ver essa atitude dele sem julgar, melhor ainda, pois a tudo que julgo, eu me ligo energeticamente. Ou seja: se eu julgar o negativismo dele, estarei já vibrando perto e poderei me prender a esse mal-estar. Minha energia vai cair, meu humor será afetado, ficarei irritada. E será ele o responsável por essas

mudanças no meu campo energético? Claro que não! Fui eu que me liguei a isso quando o julguei.


Então, da próxima vez que você estiver numa fila e alguém estiver reclamando da demora; quando alguém no seu trabalho estiver reclamando do líder ou até mesmo em casa, quando alguém estiver reclamando de algo ou alguém, escolha que o que você ouve vai entrar por um ouvido e sair pelo outro, sem você perder o seu tempo e energia para julgar, nem para levar essa irritação para o seu coração.


Evite se chatear por essa pessoa repetir esse comportamento sempre. Se você se chatear, vai entrar na sintonia.


Então pense que:


A pessoa ainda não entende que é responsável pela vida dela;

A pessoa ainda não escolheu viver alegremente, apesar dos desafios que tem;

Essa pessoa teve esse aprendizado quando criança e ainda não se desvinculou do hábito de alguém que foi tão negativo na sua criação - repetindo esse comportamento;

Você jamais ajudará a ela se for negativa. Dará um certo prazer temporário, mas será custoso para a sua saúde emocional.



E tem mais:

Enquanto ela fala, diga para você que essa raiva é dela e não sua;

Enquanto você ouve o negativismo, diga a você mesma que tem motivos para se manter comprometida com a sua alegria.

E se ela pedir ajuda?

Você sugere algo sem se envolver emocionalmente, sem se irritar.

E saiba que tudo o que você disser pode ser que nada ela assimile ou faça. Então não se chateie se isso acontecer.


Mas, caso seja você o responsável pela mudança que ele espera, aproveite para dialogar de forma educada e responsável para juntos, ajustarem o que precisa melhorar na relação.


Seremos mais felizes quando soubermos conviver com a negatividade do outro sem acreditarmos que ela nos afetará. Depende de nós.


Claro que com isso eu não digo que você busque estar com pessoas assim, mas falo que será ilusão achar que nunca estaremos de uma pessoa negativa. Então o melhor é aprendermos a lidar com elas e assim estaremos afiados para lidarmos com as demais diferenças nas nossas relações.


E me conta aqui embaixo! Você convive atualmente com alguém assim?


Com amor,


#negatividade #pessimismo #pessoanegativa #pessoatoxica #MalyMotta

11 visualizações
 
Receba meus textos:

©2020 por MALY MOTTA TREINAMENTOS e TERAPIAS HOLÍSTICAS.