• Maly Motta

É NA ESCURIDÃO QUE VEMOS QUEM ILUMINA A NOSSA VIDA

A covid-19 nos trouxe a desafiadora experiência do isolamento social, porém reparadora, se soubermos aproveitar o que ela nos revela. 

É certo que as pessoas que se comportam de forma a depender do outro estão sofrendo demais, pois se veem mais carentes nesse momento. Por outro lado, agora temos tempo de olharmos mais cuidadosamente para as nossas relações e verificarmos como cada uma delas influencia na nossa vida.

De quem você sentiu saudade? É uma saudade recheada de sentimentos leves, bondosos? Ou uma saudade pesada, típica de sentir a falta por estar acostumada a algo que não é leve, mas invasivo e sufocante? Que tal relacionar agora num papel as relações que lhe vierem à mente e colocar ao lado de cada uma o sentimento que agora vibra em você ao se lembrar de cada pessoa. 

Essa autoavaliação será poderosa se você for honesta. Mergulhe no seu interior e analise depois o que escreveu. Mas atenção! Não se chateie com aquela amiga que sumiu nesse momento. Não ache que por ela não ter lhe ligado nesse momento de dor é porque ela não se preocupou com você. Vamos lembrar que o isolamento social tende a agravar as dores da criança interior que há em cada adulto. Então é possível que aquela amiga que se aproximava antes de você sumiu! 

Antes de rotulá-la como interesseira porque agora ela já não sai no seu carro para passear ou não vai à sua casa lanchar, tome você a atitude e a procure. Ela pode estar precisando de você. Voltemos para a análise geral. Ela serve para você enxergar quais pessoas, ALÉM DE VOCÊ MESMA, também iluminam a sua vida. Quem, nesse momento, faria muita falta se você nunca mais pudesse ver? Faria falta porque é uma pessoa que lhe desperta alegria, sorriso, amor, confiança? Ou faria muita falta porque você acredita que “ela seja o ar que você respira”? Se a última pergunta tiver SIM como resposta, cuidado! Isso pode mostrar uma dependência muito forte sua e é hora de você acreditar que poderia sim viver sem ela, pois a responsabilidade de gerir a sua vida e fazê-la feliz - de diversas formas - é exclusivamente sua! Acredite nesse poder que há dentro de você. Ao olhar as suas relações e perceber quais pessoas, além de você, iluminam a sua vida, telefone para elas e troquem carinho nesse momento tão sensível. Não cobre nada a elas, apenas oferte amor. E ao perceber aquelas outras que pesam na sua vida, reavalie tais relacionamentos e veja como não se prender tanto a essa dor. 

E àquela pessoa que você acredita que seja “o seu ar”, diminua o poder que você deu a ela e retome a sua vida se acostumando a viver menos dependente dela. Tenho dito e afirmo: esse momento é propício para cuidarmos das nossas feridas. E vamos superar essa fase mais fortalecidas do que entramos.

Receba o meu abraço virtual! 



#relacionamento #solidão #abandono #isolamentosocial #COVID-19 #MalyMotta

1 visualização
 
Receba meus textos:

©2020 por MALY MOTTA TREINAMENTOS e TERAPIAS HOLÍSTICAS.